Maiara e Maraisa abrem o coração e confirmam projeto sem Marília Mendonça: ‘Honrar o que combinamos em vida’

Written by on 08/01/2022

Com a carreira no auge e um projeto promissor com a cantora e amiga Marília Mendonça, as irmãs Maiara e Maraisa precisaram lidar com uma montanha-russa de emoções em 2021. A morte precoce e inesperada da Rainha da Sofrência, que faleceu após sofrer um acidente aéreo em Caratinga, Minas Gerais, em novembro, fez com que os planos e perspectivas da dupla mudassem. Em meio ao luto, as cantoras sertanejas decidiram assumir os shows com Marília que já estavam marcados. Em cima do palco, elas têm demonstrado uma força que vem sendo elogiada pelos fãs. No entanto, fora deles, é difícil lidar com a ausência da amiga. “Estamos vivendo um dia de cada vez, não tem uma rotina de sentimentos, porque isso oscila demais. Tem dias que estamos bem, em outros não. O dia a dia sem ela é bem difícil, nos últimos meses estávamos muito próximas, falávamos todos os dias. Não só sobre trabalho, falávamos sobre tudo. Esta ausência é muito dolorida”, contou Maiara em entrevista à Jovem Pan.

A dupla se uniu ainda mais a Marília durante a pandemia, e as lives das “Patroas” foram um verdadeiro sucesso. Nesse período, elas compuseram e lançaram faixas que em pouco tempo se tornaram grandes hits, como “Todo Mundo Menos Você” e “Motel Afrodite”. Cantar essas músicas nos shows se tornou um desafio para Maraisa. “Não me sinto confortável em cantar olhando para o telão com a foto da Marília, a voz embargada. Já a Maiara encontra força. O que nos move é a vontade de seguir em frente, pois temos certeza que ela nos apoiaria nisso. Acredito que é isso o que ela espera de nós.” Maraisa acrescentou que todas as músicas que fazem parte do projeto “Patroas” são complicadas de cantar nos shows sem a presença de Marília. “Foi algo feito a três, então todas são muito doloridas para mim”, enfatizou.

Antes do acidente, o trio já tinha anunciado que as “Patroas” sairiam em turnê no próximo ano. As irmãs afirmaram que não querem cancelar o projeto, pois manter vivo o legado de Marília na música é o que mais tem ajudado nesse delicado momento. “Nosso desejo é continuar [com o projeto] e honrar tudo que combinamos em vida”, explicou Maiara. Pouco antes de morrer, a Rainha da Sofrência gravou uma música com o irmão, Gustavo, e sua dupla sertaneja, Dom Vittor. Marília estava empolgada e disposta a ajudar o irmão a se lançar na carreira artística. A música “Calculista” acabou sendo lançada após o falecimento da cantora. Maiara e Maraisa sabem da importância que a família tinha para a Marília e disseram que gravar com a dupla Dom Vittor e Gustavo está, sim, em seus planos. “Pretendemos fazer o possível e o impossível para estarmos juntos”, falou Maiara.

Além da proximidade com Gustavo, as cantoras também nutrem um imenso carinho por Ruth Moreira, mãe de Marília. “Sempre tivemos uma relação de família e continua sendo assim. Ao mesmo tempo, temos que ter a sensibilidade de respeitar o espaço dela, não queremos sufocá-la, mas ela sabe que estaremos sempre aqui”, comentou Maraisa. O luto também trouxe ensinamentos à dupla. Maiara disse que, após tudo o que aconteceu, ficou claro para ela o quanto é importante sempre explicitar o que está sentindo e não deixar para depois as demonstrações de carinho. Tanto Maiara quanto Maraisa ainda lutam com a dor da perda e com a ausência de uma grande amiga, mas deixaram claro que estão tentando se reerguer. Para o futuro, as irmãs disseram que desejam “serenidade e sabedoria”.


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *



Current track

Title

Artist

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
Background